Excel para a vida

Você com certeza já notou em inúmeras vagas de emprego a exigência de conhecimentos em Excel como requisito para sua candidatura. Independente da sua área de atuação, e mesmo para você que apenas concluiu o ensino médio, o Pacote Office (Windows, Word, Excel, Access, Outlook e Power Point) avançado pode te ajudar se você busca recolocação profissional ou mesmo a ingressar no mercado de trabalho.

Este software – Excel – foi desenvolvido pela Microsoft e é amplamente utilizado pelas empresas. Eu citei o Pacote Office completo, mas o Excel é o mais pedido e aconselho que você comece por ele.

Leia mais sobre a importância do Uso do Excel nas Empresas.

Porém, mesmo para você que não deseja trabalhar com o programa, seus recursos podem ajudá-lo na organização de suas tarefas acadêmicas de forma rápida. Você pode montar seu cronograma de estudos, horários das aulas, controlar seus gastos pessoais – o que é muito importante mesmo se você é um estudante que não trabalha. O fato é que com o Excel você “mata dois coelhos com uma cajadada só”.

Eu recomendo alguns cursos que você pode fazer sem sair de casa e a qualidade é excelente:

Agora se você deseja uma opção mais completa com um suporte maior eu recomendo os cursos:

As lições são curtas e objetivas. Você tem acesso ao conteúdo 24 horas por dia. Assista ao vídeo.

MS Excel Básico ao Intermediário

MS Excel Avançado

E ainda estou deixando para você um link com as 68 fórmulas mais usadas no Excel separadas por função:

68 Fórmulas mais usadas no Excel

Então, gostou deste post? Compartilhe, marque seus amigos, deixe seu like e comece já a usar esta ferramenta a seu favor!

Outras dicas:

Crescimento Pessoal e Profissional

 

Abraços!

Não entre na faculdade para ser um Zé Mané!

 

Até quando vamos conviver com este tipo de notícia e nos calar? Hoje o post é um alerta. Meu blog é direcionado para pessoas que sonham ingressar no ensino superior, técnico ou outra modalidade de curso por acreditarem na felicidade, fazendo aquilo que gostam. Hoje, vejo como a corrupção no país atingiu um nível inaceitável. Não estou revoltada, com raiva ou angustiada. Nada, não estou sentindo nada. Estão minando nossas forças aos poucos. Ficamos calados! Vamos morrer! Literalmente.

Corte de verbas que deveriam ir para pesquisas, educação superior com baixa qualidade, metas governamentais que nunca são atingidas. Culpa-se a gestão anterior, claro, isso em todos os níveis. É mais fácil.

Vivo em um país onde as pessoas têm MEDO de cobrar dos Deputados, Senadores e Presidente que elas mesmas elegeram, nós pagamos o salários deles, mas temos MEDO. Moro em uma pequena cidade onde as pessoas morrem de MEDO de manifestar suas opiniões políticas, elas pagam o salário do prefeito e vereadores, mas elas têm MEDO. Estudo em uma faculdade onde alguns alunos têm MEDO de manifestar sua opinião sobre algo que não concordam, de exigir seus direitos, eles estão pagando, mas eles têm MEDO.

Odeio essa palavra – MEDO. Ainda mais quando é algo sem fundamento. “O cliente sempre tem razão”. A frase serve para um atendimento em um restaurante ou loja talvez, mas nunca quando realmente quando precisamos dela. A culpa é nossa, porque temos MEDO!

Se você está disposto a ingressar numa universidade para viver uma vidinha medíocre com o seu canudinho na mão, porque já trabalha na sua área de atuação, faça um favor ao Brasil não entre! Você colabora com a corrupção, diretamente. Se você acha suficiente entregar seu rico dinheirinho todo mês e acredita que será um mar de rosas quando se formar e entrar no mercado com um mundo de concorrentes, desista!

Os profissionais mais qualificados foram o maior alvo das demissões devido à crise. Aqueles que têm os diplomas impecáveis. Mas não se engane como eu já falei aqui, não há crise que dure eternamente. E quando acabar são esses, os que estudaram, por paixão, convicção, que se qualificaram ‘de verdade’ é que voltarão às melhores vagas. No mundo não há lugar para medianos, então se quer viver aqui, não seja um.

Não estude por estudar, não se forme por formar, não leia por ler, tenha coragem de ser melhor do que isso. Busque conhecimento e não um diploma. Rompa com esse MEDO idiota. Exija o que é seu principalmente se você paga por isso. Não permita que a cultura passiva de nossos antepassados contamine você! Entre na universidade para fazer a diferença na vida das pessoas. Para ser o melhor profissional. Busque seus direitos onde você precisar buscar. Coloque a sua boca no bendito “trombone”! Faça barulho, mas não seja um profissional “meia boca”, acorde! Estão destruindo a educação no nosso país e estamos assistindo passivamente.

Este é só um alerta porque tenho certeza absoluta que você enfrentará situações em que terá de alguma forma, seus direitos roubados. É que estou vendo tantas pessoas sem expectativa, sem perspectiva, elas não têm nada. Não seja assim, tenha suas convicções e princípios a seu favor e siga seus instintos. Não entre na faculdade para ser um “Zé Mané”.

Saia à frente dos concorrentes! Saiba como!

Faltam 3 meses para a prova do ENEM e eu nem preciso perguntar seu grau de ansiedade, né? Tanto você que já decidiu a profissão e está focado estudando muito quanto você que, além de não ter decidido, ainda não estudou e está se perguntando se ainda dá tempo de montar um cronograma milagroso e estudar para a prova.

Estou escrevendo este post pensamento especialmente em você que se inscreveu para fazer a prova do ENEM ou prestar concurso público. É muito normal sentirmos ansiedade e ela aumenta à medida que o dia do exame se aproxima. Eu sei, já passei por isso. Eu sempre falo nos posts sobre Autoconhecimento como um guia na escolha da profissão e como pode ser uma ferramenta para estar mais confiante frente aos desafios.

Mas não é só em períodos de provas que nos sentimos ansiosos. A qualquer ameaça do ‘novo’ nos sentimos encurralados, sem ter muitas alternativas.

Vamos à origem da palavra ‘ANSIEDADE’: do Latim ANXIETAS, significa “angústia, ansiedade”, de ANXIUS, significa “perturbado, carente, pouco à vontade”, de ANGUERE, significa “apertar, sufocar”, figurativamente “atormentar, causar tensão.

E realmente a ansiedade nos causa reações físicas, emocionais e comportamentais. Quem nunca ficou tão ansioso que nem conseguiu dormir no dia anterior à prova? Conheço pessoas super inteligentes que zeram provas porque não conseguem controlar o grau de ansiedade – Leia ALERTA: como Não obter a nota para passar no curso dos seus sonhos – Porque é natural nos sentirmos assim, quando algo é muito importante para nós, mas quando foge do nosso controle, é prejudicial.

Escolha vencer as barreiras impostas pela ansiedade e use isso como uma ferramenta para atingir melhores resultados. Vai prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM)? Vai fazer uma prova de concurso público? Ambos super concorridos!

Você não precisa ser refém da preocupação constante, da dificuldade em relaxar, da taquicardia, do esgotamento, do cansaço, da irritação, da insônia, etc. Tendo estudado desde o começo do ano ou não você pode maximizar seus resultados apenas mantendo-se mais calmo que seus concorrentes. Parece impossível, mas a escrita terapêutica traz esse tipo de benefício. Apenas tente, não tire conclusões precipitadas, faça um teste, invista tempo em você, no seu autoconhecimento e compare os resultados.

A ansiedade é algo natural, porém quando fora de controle atrapalha sua vida, leia a reportagem de Superinteressante – Sobre a ansiedade.

Tem um aplicativo gratuito sensacional chamado ‘Querida Ansiedade’, com textos, vídeos, exercícios e você ainda tem acesso a um ‘E-book’ muito bem feito.

Eu também indico e sempre indiquei aqui o ‘Caderno do Eu’, um caderno de exercícios de escrita terapêutica muito interessante, criado por uma profissional da área de psicologia. Invista em você e saia à frente dos seus concorrentes.

E para você que está super perdido na vida indico o ‘Guia Definitivo – Propósito de vida’. Você tem acesso a estratégias para descobrir seu propósito e segui-lo. Não perca a oportunidade de mudar sua vida, dar um novo rumo, fazer o que gosta (muitas vezes você nem sabe o que é) e ser feliz.

Saiba mais sobre o Guia – Clique aqui!

Faça o teste, o meu deu ansiedade normal!

 

Experimente os métodos, deixe seu comentário, compartilhe, deixe seu like.

 

Obrigada!

 

Até a próxima!

JÁ DECIDI O CURSO: FIES é uma boa opção?

O FIES – Fundo de Financiamento Estudantil – é uma alternativa caso você não consiga ingressar pelo PROUNI, SISU, ou outros programas de bolsa parcial. Na verdade, o FIES é um programa do Ministério da Educação, onde é concedido financiamento a estudantes regularmente matriculados. Ou seja, caso o aluno tenha trancado o curso no momento da solicitação não podem utilizar, alunos que tenham bolsa parcial do PROUNI também não podem solicitar. Se a renda bruta do estudante for acima de 3 salários mínimos ele também não pode participar.

O ENEM, como sempre, é obrigatório e como no PROUNI E SISU, você não pode ter zerado a redação e a média não deve ser inferior a 450 pontos. A oferta de financiamento é para cursos presenciais, a uma taxa de juros de 6,5% ao ano. A inscrição é feita pela internet e você precisa ter um pouco de paciência nos períodos de aditamento – renovação de contrato – porque muitos alunos reclamam da dificuldade por falhas no sistema. Mas com persistência e paciência, você consegue.

Aconselho que você acesse as Perguntas Frequentes, disponibilizada no site do FIES para  tirar todas as dúvidas com relação a esta opção.

Eu aconselho que esta seja a sua ÚLTIMA opção. Tente primeiro as formas de ingresso mostradas aqui no blog, pois já que é um financiamento, você pagará todo o valor após se formar e para isso é preciso que você planeje muito bem suas finanças para imprevistos. É claro que há um período de carência para você se ‘firmar’ na carreira, mas ainda sim, é preciso jogo de cintura e planejamento, repito, tente as opções anteriores primeiro. Não estou aqui para desestimular ninguém. Eu mesma fui muito aconselhada a seguir esta opção, mas só foi ter um pouco de paciência, porque uma outra alternativa talvez seja melhor.

No site você consegue fazer uma simulação para ter noção do quanto pagará, se for viável, siga:

Simulação FIES

Se este post te ajudou, curta e compartilhe com seus amigos e conhecidos.

Caso você vá fazer a prova do ENEM mas ainda não tem noção da área que vai seguir, leia os posts anteriores deste blog:

E agora? Como decidir qual curso fazer?

Decidindo a profissão: o caminho do autoconhecimento

Curso Técnico ou Graduação?

Até a próxima!

 

Abraços!

 

JÁ DECIDI O CURSO: COMO INGRESSAR? (QUERO BOLSA | EDUCA MAIS BRASIL | MAIS ESTUDO NEORA)

Pessoal, mais um post da série FORMAS DE INGRESSO. Neste, vamos falar sobre três sites onde você pode conseguir uma bolsa de estudos não só para um curso de graduação, mas para outras modalidades.

#Quero Bolsa

Vamos começar com o ‘Quero Bolsa’. Você consegue bolsas de estudo e descontos em faculdades de todo o Brasil. São mais de 1.000 faculdades parceiras. Os descontos são de até 75% do valor, que já é um super desconto na mensalidade do curso. Lembrando que é apenas para novos alunos, ou seja, se você já está se graduando, não pode participar, a menos que tenha interesse em uma pós-graduação – para esta modalidade você consegue.

Você entra no site, escolhe a instituição e o curso através dos filtros e clica na vaga. A partir daí vão aparecer alguns avisos da instituição e você deve ler com atenção. Ao clicar em ‘Quero esta bolsa’, você é direcionado a fazer o login – pode acessar do Facebook ou cadastrar seu e-mail. Preencha os dados e salve o cadastro. Você pode realizar pagamento com cartão de crédito ou boleto e tem acesso ao comprovante de pagamento no site. Você faz este pagamento – pré-matricula – que serve para reservar sua bolsa na faculdade. Este comprovante garante sua bolsa até a formatura. Algumas instituições aceitam a entrega do comprovante no dia da matrícula e outras no dia em que você presta o vestibular, depende da instituição.

Caso você desista de ingressar no curso por algum motivo, o ‘Quero Bolsa’ devolve seu dinheiro integralmente. Depois da pré-matrícula e inscrição na instituição você não paga mais nenhum valor para o ‘Quero Bolsa’.

O valor do desconto permanece o mesmo até o final do curso. Contudo, há reajustes na mensalidade – em todas as faculdades isso é normal – mas a porcentagem do seu desconto continua a mesma.

Caso você tenha algum problema com o valor do desconto, você pode entrar em contato com o ‘Quero Bolsa’ e eles resolvem para você. Além disso,  eles têm um programa de incentivo onde ganha quem indica mais amigos. Os 5 maiores pontuares têm suas mensalidades pagas pelo quero bolsa.  Saiba mais! A ‘Quero Bolsa’ está no mercado desde 2012.

Então, curtiu? Planeje seu orçamento, entre em contato com o ‘Quero Bolsa’ e tire suas dúvidas.

Caso você tenha muita vontade de ingressar no ensino superior mas ainda não faz ideia do curso, leia os posts:

E agora? Como decidir qual curso fazer?

Decidindo a profissão: o caminho do autoconhecimento

FIZ O TESTE VOCACIONAL, E AGORA?

 

#Educa Mais Brasil

Vamos ao “Educa Mais Brasil’, que tem uma vantagem com relação ao seu concorrente, além das bolsas de graduação, ele também disponibiliza bolsas para cursos de idiomas, pré-vestibular, preparatórios para concursos, cursos técnicos, profissionalizante, educação básica, EJA e pós-graduação.

Você consegue bolsas de até 70%. O ‘Educa Mais’ conta com mais de 18 mil instituições parceiras e caso sua bolsa seja aprovada e não haja vaga ou até mesmo aconteça o cancelamento da turma, você recebe o reembolso. Assim como no “Quero Bolsa’ você não pode ter vínculo com a instituição para conseguir a bolsa, exceto para cursos de pós-graduação. Acesse o site Educa Mais.

Faça a inscrição, escolha o curso em uma das instituições parceiras e concorra à bolsa desejada. Observação para um comentário – conheço pessoas que tiveram que esperar alguns meses para bolsa sair, mas para outras, foi super rápido. Depende da disponibilidade da vaga. As inscrições permanecem abertas durante todo o ano. Caso atenda aos requisitos, o ‘Educa Mais’ entra em contato com você – o acompanhamento do processo de liberação da bolsa é feito na área ‘Portal do Aluno’.

Lembrando que a bolsa oferece descontos nos valores das mensalidades. Então você deve planejar seu orçamento e se preparar para as demais taxas cobradas pelas instituições de ensino como taxa de matrícula, por exemplo. A bolsa é renovada periodicamente.

O ‘Educa Mais Brasil’ está no mercado há mais de 10 anos.

Então, gostou da dica? Ainda está com dúvidas? Entre em contato com o ‘Educa Mais’ e se informe.

#Mais Estudo NEORA

Além das bolsas através do ‘Quero Bolsa’ e do ‘Educa Mais’, você também pode tentar uma vaga através do ‘Mais Estudo Neora’, que oferece bolsas de até 80%. Após escolher o curso, assim como no ‘Quero Bolsa’, você faz o pagamento único de um cupom e garante sua bolsa até o final do curso. São oferecidas bolsas de gradução, pós-graduação, cursos de idiomas, técnicos e livres e EAD. Para mais informações, acesse o site! A NEORA está no mercado desde 2008.

Então, curtiu as dicas de formas alternativas de ingresso? Continue acompanhando, deixe seu comentário, compartilhe!

Até mais!

 

JÁ DECIDI O CURSO: COMO INGRESSAR? (SISU)

Continuando a série FORMAS DE INGRESSO, hoje nós vamos falar do Sistema de Seleção Unificada (SISU). Ao contrário do PROUNI, o SISU é para ingresso em instituição pública de ensino. Então, se você sonha com uma instituição pública que tem o curso que você deseja este post pode te esclarecer algumas questões.

Quem pode se inscrever no SISU?

Primeiro, o candidato deve ter feito a prova do ENEM do ano anterior à candidatura e não ter zerado a redação. Como falei no post sobre PROUNI, não se esqueça de guardar o número de inscrição e a senha do ENEM, pois você precisará desses dados para fazer sua inscrição.

Como no PROUNI, você também tem primeira e segunda opções de curso e você pode alterá-las durante todo o período de inscrições, valendo a sua última escolha. Não se esqueça que a primeira opção é entendida pelo sistema como prioritária, ou seja, a ordem é importante e caso você alcance nota suficiente para ingressar nos dois cursos, valerá a primeira opção. Fique atento!

Alguns cursos podem exigir nota mínima para ingresso. Neste caso, o sistema emitirá um aviso a você informando caso sua nota seja insuficiente para a candidatura. No momento da inscrição você decide entre três modalidades de concorrência

  • por ampla concorrência;
  • vagas reservadas ;
  • ou vagas destinadas às políticas afirmativas próprias da instituição.

As vagas reservadas (no mínimo 50%, por curso e turno) destinam-se a estudantes que cursaram o ensino médio em escola pública, incluindo colégios militares que se encaixem no conceito ‘escola pública’. Confira Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Alunos da modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) também estão inclusos.

Destas vagas, metade é destinada a alunos com renda de até 1 salário mínimo e meio por pessoa. Lembrando, some a renda bruta familiar – de todas as pessoas que moram com você – e divida pelo número de pessoas. Se o valor for de até 1,5 salário mínimo, você pode participar.

Quanto às vagas destinadas às políticas públicas, significa que a instituição pode oferecer um bônus à nota do concorrente, que é uma pontuação extra acrescida à nota do ENEM obtida pelo candidato. Ver exemplo de bônus em Bônus.

Se você optar por esta modalidade, terá que comprovar as informações com documentos exigidos pela instituição.

Lembrando que o SISU só oferta vagas para cursos presenciais, ou seja, se você pensa em fazer um curso à distância, esqueça o SISU, a menos que haja alguma modificação nos anos seguintes.

As inscrições para o PROUNI e SISU, acontecem no início de cada semestre, ou seja, duas vezes por ano. Você pode se inscrever nos dois, mas caso seja selecionado em ambos, deve escolher entre a vaga em instituição pública ou privada.

Todas as informações você encontra no site SISU

 

Se este post te ajudou, continue por aqui, comente, compartilhe, deixe seu like!

 

Até a próxima!

JÁ DECIDI O CURSO: COMO INGRESSAR? (PROUNI)

Muitas pessoas fazem a prova do ENEM, mas não têm muita noção da quantidade de possibilidades de ingresso. Acompanhe a série!

A partir de hoje vou publicar uma série sobre FORMAS DE INGRESSO. Fique por aqui!

Se você já passou daquela fase de teste vocacional, pesquisa e autoconhecimento descritas nos posts anteriores – veja E agora? Como decidir qual curso fazer?, Decidindo a profissão: o caminho do autoconhecimento, FIZ O TESTE VOCACIONAL, E AGORA? – chegou a hora de falar sobre as formas de ingresso. Este post será dividido em algumas partes e eu vou falar de cada forma de ingresso separadamente para não me estender muito.

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) não é segredo para ninguém e você utilizará a nota para tentar uma vaga tanto em instituições públicas quanto privadas. Lembre-se de guardar o número de inscrição e senha do ENEM, você vai precisar para se inscrever no programa.

Após fazer o ENEM, você pode usar a nota e tentar uma bolsa de estudos parcial (50%) ou integral através do Programa Universidade Para Todos (PROUNI). Se o seu sonho é entrar em uma instituição particular, então o Prouni é ideal para você.

Vamos lá, quais são os requisitos para se inscrever:

Primeiro é preciso ter feito a prova do ENEM do ano anterior à candidatura e ter obtido uma nota média de 450 pontos. Lembrando que se você zerar a redação não pode participar. Então, usando a nota do ENEM você ainda precisa:

– Ter estudado em escola pública no ensino médio ou estudado em escola particular, porém como bolsista.

– Se você possui alguma deficiência também pode se inscrever.

– Se você é professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica ou ainda é integrante do quadro de pessoal permanente da instituição pública pode se inscrever e NÃO É NECESSÁRIO COMPROVAR RENDA – apenas para este caso.

Os participantes, com exceção do grupo acima, devem comprovar renda familiar. Para concorrer à bolsa integral, a renda deve ser de até um salário mínimo e meio por pessoa. Até a data deste post, isso equivale a R$ 1405,50 – altera de acordo com valor do salário mínimo estipulado. É bem simples calcular. Some toda a renda familiar e divida pelo número de pessoas que moram na sua casa, se o valor estiver dentro deste 1 salário mínimo e meio, então siga em frente, você pode concorrer a uma bolsa integral.

Mas, se você se encaixa em todos os requisitos, porém sua renda é um pouco mais alta, não se preocupe você ainda pode conseguir uma bolsa parcial, e pagará 50% do valor do curso. A renda familiar neste caso deve ser de no máximo 3 salários mínimos por pessoa. Ou seja, somando-se a renda de todas as pessoas que moram na sua casa, dividindo esse valor pela quantidade de pessoas que moram aí com você, cada pessoa pode ganhar até R$ 2811,00 até a data de publicação deste post – o salário mínimo atual é de R$ 937,00. Lembrando que você precisará comprovar todas as informações fornecidas.

O PROUNI é uma excelente oportunidade de ingresso para pessoas que não tem condições de pagar o curso. Lembrando que não é só o custo do curso em si. Você vai ter gastos com transporte, alimentação, etc. Vou publicar um post falando sobre isso também.

São duas oportunidades ao ano para você ingressar – uma no primeiro semestre e outra no segundo semestre do ano. São feitas duas chamadas e você ainda pode participar da lista de espera.

No momento da inscrição você escolhe as opções de ampla concorrência ou por cota – em casos de deficiência ou que se declare indígena, preto ou pardo. Você pode alterar a opção escolhida de curso, instituição, se será por cota ou ampla concorrência durante todo o período de inscrição, será válida a última opção marcada. A partir do segundo dia de inscrições você já visualiza as notas de corte para ter noção das suas chances. Você pode escolher primeira e segunda opção de curso.

Encerrado o prazo de inscrição, caso você seja classificado – de acordo com sua nota e opções marcadas – você será chamado a comparecer na instituição de ensino para comprovar as informações. O PROUNI já tem uma lista de documentação, mas a instituição pode pedir algo mais que achar necessário. Se estiver tudo certo com a papelada, a faculdade entra em contato com você e daí é só arregaçar as mangas e estudar muito.

E aí? Este post te ajudou?  Compartilhe e continue por aqui. Essas informações você encontra no site do PROUNI, link abaixo:

Site PROUNI

Agora se você ainda se sente um pouco perdido na escolha do curso, leia os posts anteriores. Abraços!